quarta-feira, maio 13, 2015

Da série diquinhas pra vida


Alô você meu amigo que vive no mesmo mundo que o meu, trabalha duro e vive cercado de contas pra pagar. Nós sabemos que o "sistema" não é fácil, por isso pra sobreviver nessa terra capitalista precisamos ter os olhos bem abertos e  os ouvidos apurados. É desejável ter voz, também.

Neste episódio da série "diquinhas pra vida" eu vim falar de banco. É, esse querido sistema que acomoda nosso dinheirinho todo o mês, mas que avacalha com a gente na burocracia, nas taxas, nas filas, na porta giratória e no atendimento. Eu não sei qual é o seu banco, mas o meu banco também avacalha, e muito, na falta de comunicação.

O problema é que o meu banco só me avisa o que a eles convêm. Eles me avisam todas as vantagens que eu tenho como cliente, todos os pacotes de benefícios, etc, mas não avisam quando eu "migro" de categoria. "Parabéns! Agora você é cliente vip!"

E quem disse que eu quero ser vip? Eu sou meio besta, mas eu sei muito bem que cliente vip paga mais por serviços vip. Eu não fui avisada que minha conta seria migrada pra eu pagar mais por ela. Eu deveria estar feliz por isso? Eu não sou obrigada e nem estou disposta. Agradecida.

Relutei tanto pra baixar a tarifa mensal da minha conta - que há anos ignorei. Um dia, me dei conta (conta, tun-dunts) que a taxa tava meio absurdinha. A gente só percebe quando o dinheiro faz falta no bolso, não é mesmo? Aí eu comecei a refletir. Poxa, eu não tenho cartão internacional, não tenho talão de cheque, não faço nada além de sacar dinheiro aqui, por que eles tão me cobrando esse valor? Tcharam, fui pesquisar. Haviam vários valores de taxa. E a minha, claro, deveria ser a mínima. Mas o banco não dá a mínima (tun dun tsssss) e coloca o valor alto, mesmo. Quais são os valores da empresa?

"Vamos cobrar isso. Se o cliente não reparar, segue desse jeito que a gente ganha mais"

Avisar pra quê, não é mesmo? O cliente não tá reclamando. Tá certinho, banco que capricha na propaganda da tv. Fui reclamar e, em dois minutinhos, taxa tava alterada. Comecei a pagar menos que a metade do que eu pagava. Pelo menos meus gerentes são ágeis.

Só que quando minha conta foi migrada - sem me avisarem - descobri pelo meu ex-futuro-gerente-vip que eu poderia, inclusive, não pagar nada, porque tenho saldo x na poupança. E a partir daquele valor x, eu era isenta da tarifa da minha conta. U-huuuu!

O meu banco avisa isso por cartinha junto com a tarifa do meu cartão? Avisa através dos seus sms semanais? Avisa pelo site do banco?! Nãão! Eles não avisam de jeito nenhum! Você tem duas opções: ou vasculhar os segredos da terra, do Universo e tudo mais (de repente entrando até no submundo da web) ou ter gerentes muito legais pra te dar um toque - isso depois de você ter feito um questionário de perguntas, claro.

Por isso você, amiguinho, que me lê, independentemente do seu banco, fique esperto! Leia as letrinhas minúsculas dos contratos, entre no site do seu banco, seja amigo dos gerentes, questione tudo o que você paga, peça a nota fiscal. É muito pouco o dinheiro que a gente recebe naquela singela continha, mas é muito o que eles retiram sem a gente perceber. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário