domingo, maio 01, 2016

Vento de maio



"Vai romper o mês de maio, não é hora de parar". Quanta coisa aconteceu de lá pra cá. E de algum modo, eu me sinto ainda mais forte. Tempo de nova transição. Tudo o que eu exatamente queria há 1 ano aconteceu. Sim, aconteceu. A mágica da vida existe. E não se pode deixar de lembrar. E nunca é hora de parar.

Novos projetos, novos caminhos. Não há de ser um mês fácil, mas o que espero dele é trabalho. Trabalho e cada vez mais aprendizado. O frio chegou, chegou com beleza, esperança, serenidade. Tem acontecido coisas que me tomaram numa reflexão profunda, sobre desapego, desprendimento, independência, amor e liberdade. Coisas que eu não apreendi totalmente e que eu devo reconsiderar. Estou contente com o rumo que as coisas têm tomado e com todas as coisas que têm me cercado. Grata por todos os sinais que têm ocorrido e por tão belas oportunidades que surgem. Grata até pelas coisas que perdi, nas quais pude ver que em nada me faziam falta. Tomando, aos poucos, real noção do que deve prevalecer.

Ainda sobre o mês, um dos tantos projetos é voltar a falar de assuntos diversos aqui nesse singelo blog. Meu lado jornalista volta e meia floresce, com vontade de discutir sobre comportamento, lifestyle, ideias novas e movimentos globais. Espero contribuir de alguma forma com um conteúdo bacana pra quem curte tal como eu sobre temas expressivos e afins. Vamos lá!

Nenhum comentário:

Postar um comentário